Por um pouco de simplicidade

Oi gente, amo pegar imagens e escrever o que elas me inspiram, e hoje escolhi essa imagem das flores que está bem no meio do post para desenvolver esse texto. 
Como é bom estar de volta escrevendo o que gosto e me inspirando novamente... Não esqueçam de deixar seus comentários para que eu possa saber o que acharam. Desde já obrigada pela sua visita! 



Queria eu que o mundo fosse um lugar melhor, sem tanta dor e sofrimento, mesquinharias e falta de amor.

Com uma dose de simplicidade as coisas poderiam tomar um rumo melhor, quem sabe assim prevalecesse a beleza verdadeira, ao invés das máscaras que estamos habituados a ver.

Abraços seriam fonte de energias renovadas, não haveria essa falsidade mascarando as relações e o amor seria puro e limpo, possibilitando que todos o pudessem viver plenamente.

Como o mundo seria muito melhor com um pouco menos, estamos habituados a grandeza e pequenez  nos é estranha e monótona. 

Buscamos muitas vezes o fútil, o irreal e perdemos a vida toda em busca de um sonho plantado, uma mentira velada que todos sabemos ser irreal, mas mesmo assim não paramos de acreditar nela, com medo de sermos abandonados num canto qualquer desprovidos da popularidade comum das pessoas felizes.

Escondemos nossos sentimentos, mascaramos as coisas e fingimos dia após dia que o mundo é um bom lugar para se viver, mas no fundo não vivemos, sobrevivemos, a cada uma das provações e imposições que nos são colocadas.

Todos os dias somos bombardeados, todos nos dizem quem somos e o que devemos fazer, até o ponto em que nos olhamos no espelho e sentimos que não mais conhecemos a pessoa refletida ali, o corte de cabelo, a maquiagem, as roupas, nada é de verdade, tudo é um embuste social, uma ilusão e dia após dia vivemos dessa ilusão, nos alimentamos dela, nos envenenamos e saímos pelas ruas transmitindo o veneno para todos.



Não é errado dizer que somos farsas, mesmo em nossos íntimos somos um eco da nossa essência, por tantas vezes cortamos nossas próprias asas, que hoje desacreditamos totalmente que podemos voar.

Mentimos sobre tudo e o tempo todo, desde o "bom dia no trabalho", do "está tudo bem" para os amigos, ou o "não é nada" quando choramos, tudo isso somos nós mentindo para o mundo, mentindo para nós mesmos e fingindo.

Nesse mundo somos atores, fantoches, os grandiosos dominam, ditam e escolhem tudo e na simplicidade, que era onde deveria morar a nossa liberdade, o nosso poder de escolha e a nossa força de vontade não há nada, foi dominado, humilhado, ensinado infinitas vezes que era errado e assim ficou.

Poucos acordam do sono, do medo velado de assumir quem é, da responsabilidade de remar contra a maré, de buscar seu lugar, de conquistar, não o mundo, mas o seu espaço nele. 

A liberdade é bem de poucos, enquanto o medo é o bem de quase todos, está errado, muita gente vê, mas ainda muito há para ser mudado.

Abrace a si mesmo, aprenda a amar quem é, seguir seu próprio rumo, faça-se de surdo se preciso for, não admita ditames nem reprimendas por assumir sua personalidade e viver de bem com ela, não aceite que ninguém te diga o que fazer ou como deve ser, seja aquilo que quiser, ouse!

Talvez no início seja difícil, complicado e penoso, mas assim como por anos o mundo te repreendeu, por anos é você que deve repreendê-lo, não como uma vingança, mas como um exercício para aprender a soltar sua voz e dizer as palavras que achar convenientes. 

Se jogue de cabeça, não tema errar, faz parte de aprender tombar algumas vezes, apenas aceite como um rito de passagem e siga em frente.

Seja você... Por um pouco mais de simplicidade nesse mundo, por favor.




Sobrevivendo ao Natal!


Oi pra você! 
Bem vindos a mais um Papos de ADM e o papo de hoje é sobre, preparação para o Natal!

Dia da Propaganda - Propaganda dos meus projetos.


Hoje se comemora o dia da propaganda! \o/ Além disso o mês tem vários outras datas comemorativas relacionadas a Publicidade e Relações Públicas. 
Em comemoração eu fiz algumas propagandas para os Blogs e os Canais! 

Confiram:






O que acharam dos meus projetinhos publicitários? Deixando claro que sou amadora e faço artes apenas por diversão! 

A todos os Publicitários parabéns! 




Até a próxima galera!



Missão: Buscar forças


Acabou...

A força infinita se foi, e eu busco encontrar um modo de viver um dia de cada vez, sem nenhum rumo, esperança ou projeto.

Se foram os dias em que ponderava as coisas com antecedência, programava e tentava controlar tudo, agora sou como um carro desgovernado sem conseguir conter os impulsos.

Não mais penso nas coisas, não sofro mais pensando no amanhã, não sofro nem com o agora, sou apenas uma casca vazia transitando sem rumo.

Eis que surge em minha frente algo especial, quero segurar, recomeçar, fazer planos, mas perdi o controle, não consigo mais controlar quem sou, apática e sem vida eu sou um eco gritando no vazio cheio de medo sem conseguir alcançar as rédeas. 

Mas preciso vencer a letargia, preciso reviver, sair do escuro e arriscar a dor que a claridade trará, busco a força, lá no íntimo no fundo, em todas as caixas, cada cantinho sequer, busco como se a vida dependesse disso e ao pensar com maior profundidade vejo que realmente depende.

Reviro a alma, rebusco tudo, refaço passos, tento me lembrar onde foi parar, onde buscar e nada vem, o vazio está me consumindo, não há tempo...

Olho e vejo uma mão, esta estendida para mim e posso ver que ao final alguém me olha, sinto como se algo finalmente se movesse em mim, a pessoa me sorri e eu entendo finalmente, a força não está em lugar nenhum, sou eu que a faço usando como combustível o que há de melhor em mim.

O sorriso me fez entender que felicidade se constrói, não se compra nem se guarda para depois, busco agora não mais a força, mas sim os ingredientes que a compõem, esperança, simplicidade, alegria, sonhos, amor, amizade, carinho, compreensão, paz e amor próprio.

Aos poucos eu sinto o movimento voltando, a força se formando e me tomando por completo, o sorriso fica mais largo e eu vou finalmente saindo da letargia, agora as coisas são claras e bonitas, eu tenho forças para mudar as coisas, eu posso ir além!

De repente uma frase me vem a mente uma frase há muito esquecida...



Esse poste teve como inspiração um dos temas do "Help" dos grupos Café com Blog e Interative-se. Você também pode participar, basta entrar para as comunidades!



Tag: 12 meses na estante


Oi gente! 

Hoje eu decidi responder uma Tag que eu vi tem tempo já, no blog da Camyli o Lado Milla e eu curti tanto que resolvi fazer aqui. 

Desde já convido todos para visitar o Blog da Milla, sempre tem muita coisa legal por lá, como livros e séries bacanas, e convido também a fazer essa Tag porque ela é super bacana! 

A Tag é bem simples, cada mês do ano pede um livro que se encaixe na proposta, antes de mais nada, como eu tive uma fase meio off de ler (chamada TCC) alguns livros listados eu ainda não consegui ler, mas de todos eu deixarei a sinopse e uma breve justificativa do por que escolhi para o tema de cada mês! Bora lá! \o/


Janeiro: Um livro com uma citação que você goste.


SINOPSE: Quando Eddard Stark, lorde do castelo de Winterfell, aceita a prestigiada posição de Mão do Rei oferecida pelo velho amigo, o rei Robert Baratheon, não desconfia que sua vida está prestes a ruir em sucessivas tragédias. Sabe-se que Lorde Stark aceitou a proposta porque desconfia que o dono anterior do título fora envenenado pela manipuladora rainha - uma cruel mulher do clã Lannister. E sua intenção é proteger o rei. Mas ter como inimigo os Lannister pode ser fatal: a ambição dessa família pelo poder parece não ter limites e o rei corre grande perigo. Agora, sozinho na corte, Eddard percebe que não só o rei está em apuros, mas também ele e toda a sua família. Quem vencerá a guerra dos tronos?

Eu amo a série, é minha leitura atual e tem um dos meus personagens preferidos dizendo a frase mais legal que eu já li! Que é esta aqui abaixo:




Fevereiro: O livro com a capa mais colorida da sua estante. 


SINOPSE: Os Dursley estavam tão anti-sociais naquele verão, que tudo o que Harry queria era voltar às aulas da Escola de Bruxarias de Hogwarts. No entanto, quando já terminava de fazer suas malas, Harry recebe um aviso de um estranho chamado Dobby, que diz que um desastre acontecerá caso Potter decida voltar à Hogwarts. Harry não liga para aquela mensagem e o desastre realmente acontece. Naquele segundo ano estudando em Hogwarts, novos horrores surgem para atormentar Harry, incluindo o novo professor Gilderoy Lockhart e um espírito chamado Moaning Myrtle, que assombra o banheiro feminino, além de olhares indesejados da irmã mais nova de Ron Weasley, Ginny. Todos esses problemas, no entanto, parecem menores quando o verdadeiro problema começa e algo transforma os alunos de Hogwarts em pedra. Dentre os suspeitos: o próprio Harry. Descubra o fim desta aventura emocionante.
Esse eu escolhi porque realmente é um dos mais coloridos da estante, na verdade a série toda tem capas coloridas, mas esse creio que é a que tem mais cores, acho esse livro lindo, sem mencionar o fato de amar a saga!


Março:Um livro que tenha uma mulher como capa e como autora.


SINOPSE: Se não fosse pela magia, Atlanta seria uma boa cidade para viver. No momento em que a magia domina, os carros param e as armas falham. Quando a tecnologia assume, os feitiços de proteção já não protegem sua casa dos monstros. Aqui, os arranha-céus são derrubados pelo ataque da magia; homens-lobo e homens-hiena rondam as ruas arruinadas; e os Mestres dos Mortos, necromantes impulsionados pela fome de poder, comandam vampiros com suas mentes.Neste mundo, vive Kate Daniels. Kate gosta um um pouco demais de usar a sua espada e tem dificuldade de ficar calada. A magia em seu sangue a torna um alvo, e ela passa a maior parte da vida se escondendo no meio da multidão. Mas quando o guardião de Kate é assassinado, ela deve optar entre não fazer nada e manter-se segura… ou perseguir o assassino sobrenatural. Esconder-se é fácil, mas a escolha certa nunca o é...
Ainda não li esse livro, mas ele me interessou muito na livraria por causa da sinopse. O nome da autora na verdade é um pseudônimo pois o livro foi escrito por um casal em parceria, acho a capa linda e a proposta interessante, quando ler vai ter resenha no JaN com certeza!


Abril:O último livro que te fez chorar.


SINOPSE: Agosto de 1939. Um enorme transatlântico chamado Valkirie aparece vazio e à deriva no Oceano Atlântico. Um velho navio cargueiro o encontra e decide rebocá-lo até o porto, mas não sem antes descobrir que nele há um bebê de poucos meses... e algo mais que ninguém é capaz de identificar. Por volta de setenta anos depois, um estranhohomem de negócios decide restaurar o misterioso transatlântico e repetir, passo a passo, a última viagem do Valkirie. A bordo, presa em uma realidade angustiante, a jornalista Kate Kilroy busca uma boa história para contar. Mas acabará descobrindo que somente sua inteligência e sua capacidade de amar podem evitar que o transatlântico pague novamente um preço sinistro durante o percurso. Inquietante. Enigmático. Viciante. Bem-vindo ao Valkirie. Você não poderá desembarcar…mesmo se quiser. 
Eu ganhei esse livro no amigo secreto da empresa, foi muito bacana, eu amei a história, me fez chorar devido a empatia que eu adquiri com a personagem, algumas cenas eu fiquei bastante emocionada. (Resenha)


Maio: Um livro com enredo sobre família.


SINOPSE: Em 'A Rainha dos Condenados', a escritora americana Anne Rice, traz vampiros para todos os gostos. Jovens e delinquentes, como Baby Jenk, da Gangue das Garras, românticos como Armand e Daniel, estudiosos como Jesse, que investiga para a organização conhecida como Talamasca, a história desses seres estranhos, imortais misturados entre mortais, para quem sangue, sexo e morte são elementos indissolúveis do dia-a-dia. Reunidos em torno de Lestat, eles respondem ao chamado de sua música quase hipnótica e correm, ao longo da narrativa de Anne Rice, um perigo difícil de evitar. É que o som de Lestat, desperta Akasha, a mãe dos vampiros, a encarnação da força maléfica feminina, disposta a escolher os justos, entre os vampiros, por meio de um banho de sangue.

Eu sei que pode parecer meio louco eu ter atribuído esse livro a esse tema, mas é verdade esse livro comenta a história de uma grande família que remonta ao Egito antigo, bem como, a grande família dos vampiros, como surgiram e como se tornaram o que hoje conhecemos. Amo demais os livros da Anne Rice *-*



Junho:Um livro com um romance de tirar o fôlego


SINOPSE: Nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo. Quando Melanie, um dos humanos "selvagens" que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a "alma" invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente. Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido. Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam.
Eu confesso que romances já foram meu forte, mas hoje não mais. A Hospedeira é interessante porque são dois casais em três corpos e o Ian é a coisa mais fofinha desse mundo minha gente, quem não leu leia!


Julho: Um livro com capa em tons frios.


SINOPSE: Harry Potter vai começar seu quinto ano na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Está desesperado para retornar à escola e descobrir por que seus melhores amigos, Rony e Hermione, andaram tão misteriosos durante as férias. Porém, o que o jovem bruxo está prestes a descobrir nesse novo ano em Hogwarts vai provocar uma grande reviravolta em seu mundo.
Sim, vai ter Harry Potter de novo e se reclamar, tudo vai ser Harry Potter! Essa capa é azul e sempre me lembra neve e o tanto de gelo que o Harry toma do Dumbledore nesse livro, não preciso dizer que eu amo né? Esse aí eu devorei em exatas 24 horas de leitura incessante! 


Agosto: Um livro que você jamais leria de novo.


SINOPSE: Primavera de 1227. A Rainha Branca de Castela desaparece de forma misteriosa. Estranhos rumores se espalham pelo reino e alguns falam de uma intervenção diabólica. A única pessoa que pode resolver o enigma é o mercador de relíquias Ignazio de Toledo, conhecedor de ciências herméticas e notável por sua capacidade de resolver mistérios antigos. Em Córdoba, onde Ignazio foi convocado, ele encontra um velho mestre, que fala de um livro que todos procuram e que pode dar pistas sobre o desaparecimento - o lendário Turba Philosophorum, um raro manuscrito atribuído a um discípulo de Pitágoras e que preserva o expediente alquímico mais cobiçado do mundo. Porém, no dia seguinte, o mestre é encontrado morto, envenenado. A busca de Ignazio começa imediatamente. O encontro, em seguida, com uma freira e um homem considerado por todos um possuído, conduz Ignazio ao castelo de Airagne e a um misterioso homem, o Conde de Nigredo. Nesse local se oculta um terrível segredo, mas não será fácil sair dali com vida depois que ele for descoberto...
Então, eu li esse livro, gostei, mas eu não leria de novo porque eu não curti o final, achei que ele desenvolveu super bem, dai eu esperava um final épico e... fiquei na espera... (Resenha).


Setembro: Um livro cuja capa tenha flores ou pássaros.



SINOPSE: Em 'A Hora das Bruxas', é narrada a saga de uma família que em quatro séculos vive entre feitiçaria e forças ocultas. A família Mayfair, é o ponto central de uma dinastia de bruxos, que cresceu e prosperou dedicando-se à magia negra. Entre os Mayfair, convive-se pacificamente com o incesto, os assassinatos e com o espírito meio divindade celta, meio demônio, chamado Lasher. O romance se desenrola cronologicamente para a frente e para trás, passando por Nova Orleans e São Francisco atuais e deslocando-se até o Haiti ou a um castelo na França de Luis XIV.
Outro livro que não li (tá até no plástico ainda), mas acho a sinopse bem interessante, ainda mais sendo da Anne Rice que eu amo! A Hora das Bruxas I eu também não li, mas na capa tem além das flores uma cobra e eu achei a capa do II mais condizente com a proposta do mês de Setembro.


Outubro: Um livro cujo o título inicie e termine com a mesma letra.


SINOPSE: O romance, magistralmente levado ao cinema por Stanley Kubrick, continua apaixonando (e aterrorizando) novas gerações de leitores. A luta assustadora entre dois mundos. Um menino e o desejo assassino de poderosas forças malignas. Uma família refém do mal. Nesta guerra sem testemunhas, vencerá o mais forte.Danny Torrance não é um menino comum. É capaz de ouvir pensamentos e transportar-se no tempo. Danny é iluminado. Será uma maldição ou uma bênção? A resposta pode estar guardada na imponência assustadora do hotel Overlook.Em O Iluminado, quando Jack Torrance consegue o emprego de zelador no velho hotel, todos os problemas da família parecem estar solucionados. Não mais o desemprego e as noites de bebedeiras. Não mais o sofrimento da esposa, Wendy. Tranquilidade e ar puro para o pequeno Danny livrar-se das convulsões que assustam a família. Só que o Overlook não é um hotel comum. O tempo esqueceu-se de enterrar velhos ódios e de cicatrizar antigas feridas, e espíritos malignos ainda residem nos corredores. O hotel é uma chaga aberta de ressentimento e desejo de vingança. É uma sentença de morte. E somente os poderes de Danny podem fazer frente à disseminação do mal.
Eu amo esse livro! (O-D-E-I-O o filme ¬¬) Stephen King é meu autor preferido e esse livrinho aí é perfeito, o Dan, jovem eu acho meio chatinho, prefiro ele adulto em Dr. Sono, mas o jeito como o autor desenvolve a historia é muito bem feito e esse tá entre os meus queridinhos! (Resenha).

Novembro: Um livro que tenha amarelo ou laranja em sua edição.


SINOPSE: Depois de ter sobrevivido a uma explosão no Vaticano e a uma caçada humana em Paris, Robert Langdon está de volta com seus profundos conhecimentos de simbologia e sua brilhante habilidade para solucionar problemas. Em O símbolo perdido, o célebre professor de Harvard é convidado às pressas por seu amigo e mentor Peter Solomon - eminente maçom e filantropo - a dar uma palestra no Capitólio dos Estados Unidos. Ao chegar lá, descobre que caiu numa armadilha. Não há palestra nenhuma, Solomon está desaparecido e, ao que tudo indica, correndo grande perigo. Mal'akh, o sequestrador, acredita que os fundadores de Washington, a maioria deles mestres maçons, esconderam na cidade um tesouro capaz de dar poderes sobre-humanos a quem o encontrasse. E está convencido de que Langdon é a única pessoa que pode localizá-lo.Vendo que essa é sua única chance de salvar Solomon, o simbologista se lança numa corrida alucinada pelos principais pontos da capital americana: o Capitólio, a Biblioteca do Congresso, a Catedral Nacional e o Centro de Apoio dos Museus Smithsonian.Neste labirinto de verdades ocultas, códigos maçônicos e símbolos escondidos, Langdon conta com a ajuda de Katherine, irmã de Peter e renomada cientista que investiga o poder que a mente humana tem de influenciar o mundo físico. O tempo está contra eles. E muitas outras pessoas parecem envolvidas nesta trama que ameaça a segurança nacional, entre elas Inoue Sato, autoridade máxima do Escritório de Segurança da CIA, e Warren Bellamy, responsável pela administração do Capitólio. Como Langdon já aprendeu em suas outras aventuras, quando se trata de segredos e poder, nunca se pode dizer ao certo de que lado cada um está.Nas mãos de Dan Brown, Washington se revela tão fascinante quanto o Vaticano ou Paris. Em O Símbolo Perdido, ele desperta o interesse dos leitores por temas tão variados como ciência noética, teoria das supercordas e grandes obras de arte, os desafiando a abrir a mente para novos conhecimentos.

Esse livro é meu preferido do Dan Brown porque ele gira em torno de uma temática interessante, tem bastante conteúdo histórico, mistério e perigos extremos, amo essa sensação desesperadora de devorar uma página atras da outra!


Dezembro: Um livro que tenha verde ou vermelho em sua edição 


SINOPSE: Eles vivem entre nós.São os seus vizinhos, a sua mãe, o seu namorado.Eles mudam do dia para a noite.Como toda adolescente, Claire Forrester se acha meio deslocada. Quando agentes do governo invadem sua casa e matam seus pais, ela percebe o quanto é diferente. Claire pode se transformar em uma criatura semelhante a um lobo. Ela é uma licana.Patrick Gamble entra em um avião e, horas depois, desembarca como o único sobrevivente de um ataque terrorista promovido pelos licanos. Da noite para o dia, ele vira um herói nacional: o Menino-Milagre.O governador Chase Williams jura que, se for eleito presidente, protegerá o país da ameaça que aterroriza a população. Em meio ao acirramento dos conflitos entre humanos e licanos, seu discurso intensifica a discriminação. No entanto, ele vai se tornar exatamente aquilo que prometeu destruir.Cada um a seu modo, os três estão envolvidos em uma guerra que tem sido controlada com leis, violência e drogas. Mas uma rebelião está prestes a estourar, provocando mortes e destruição e entrelaçando seus destinos para sempre.Com a chegada da noite da lua vermelha, o mundo se tornará irreconhecível. A batalha pela sobrevivência da humanidade irá começar.
Esse livro foi uma surpresa, a sinopse não revela tanto, mas muita coisa acontece, o final deixa algumas perguntas sem resposta, mas mesmo assim é uma ótima leitura! (Resenha)

Bom minha gente, foi isso espero que tenham curtido!
Deixem nos comentários se já leram algum desses livros e se já responderam esta Tag.

Até a próxima!