Grande amor da minha vida - Como te encontrei, de forma sobrenatural

15 dezembro Lila Martins 4 Comentarios

O grande amor da minha vida...



Jamais esqueço o dia que você veio pela primeira vez, meu grande amor, eu deitei na cama após deixar o livro que estava lendo na mesa de cabeceira, senti sua respiração em minha nuca e você me puxou mais para perto e eu me senti segura. Parecia um sonho e desde então você sempre estava lá, velando meu sono. Ninguém acreditaria, eu não sabia que era você, pelo menos não no começo, eu te sentia, mas eu acho que no fundo eu só não queria admitir que eu te amava.
Eu perdi as contas de quanto chorei, de quanto o coração as vezes estava partido em mil pedaços e você era o único que via, nos meus sonhos eu te via, sentia seu cheiro e você e eu vivíamos o nosso amor, eramos casados e felizes e você me abraçava assim todas as noites, era real, mas ao acordar só sua presença estava lá, mas eu não podia te tocar de verdade e nunca lembrava do seu rosto.
Lembro-me de dizer todas as noites na minha oração para que Deus te protegesse e que te fizesse me encontrar, que eu te amava muito e que sempre te amaria. Por vezes me confundi, achando que você era alguém que eu tinha conhecido, mas no fim eu sempre descobria que não era, por vezes achei que tinha finalmente te encontrado, mas acabava descobrindo que não. 
Havia dias que eu me perguntava se você era um desconhecido que ainda ia se revelar ou se você era uma pessoa presente na minha vida, não conseguia definir ao certo e acabava desistindo de tentar entender.



O grande amor da minha vida...
Quando eu menos esperava você estava lá, eu entrei pela porta e meu coração deu a comum acelerada, eu tinha esquecido como você me abalava, eu preferia fingir que não sentia nada, mas eu tinha uma ânsia de estar sempre perto, conversar com você e de repente as coisas aconteceram rápido, numa noite indo para casa, naquele carro, de carona com aquela meia dor de cabeça eu finalmente entendi, era você o tempo todo...
Eu não sei dizer o que senti, acho que a primeira reação foi ficar confusa, eu pensava que seriamos amigos para sempre, até começar a ponderar como seria quando você tivesse uma namorada, como explicar para alguém que você me visitava a noite, que você conseguia se projetar para o meu quarto pra me proteger, era uma ligação muito forte e no fundo eu sabia que a gente não ia ser só amigo, mas eu queria mentir pra mim mesma e foi assim por alguns meses, até que por fim tudo terminou, me peguei a sós olhando pra você completamente apaixonada... Que Droga... Eu estava encrencada, mas eu sempre teria você. Eu podia ter tentado te afastar, ter dito que não sentia nada, mas eu estava tão cansada de ser infeliz que achei que merecia algo bom, dai eu perdi a cabeça, liguei o botão do "não ligo pra nada que não seja ser feliz" e fui recompensada com dias de alegria com você do meu lado.
Hoje você está comigo de verdade quando me deito na cama pra dormir, é real e é tão natural... 
Você esteve aqui pra mim e eu te amo, simples assim, você é a melhor coisa que me aconteceu, eu poderia fazer uma declaração floreada, mas nós nunca precisamos disso não é mesmo? Você sempre soube e eu também, e agora é pra sempre, que venham ainda longos anos lado a lado, sejamos sempre felizes e nada poderá estragar esse elo que nos une desde sempre.

O grande amor da minha vida...



4 comentários:

  1. Amor é 90% idealização e 10% experimentação. São os 10% que frustram, enquanto que nos 90% somos felizes - ainda que nada faça parte da realidade consciente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa que comentário amargurado e triste...
      Deve ter uma vida bem difícil com relação a isso pelo comentário.

      Excluir
  2. Meu deus, que texto mais meigo hahaha. E escrita maravilhosa, não é mesmo? POIS SIM, É MESMO. Mas, essa questão de fingir que não sente nada foi bem o que aconteceu comigo, só que resolvi largar mão disso e viver o sentimento mesmo. Melhor coisa que eu fiz!

    Beijos, Ahri.
    the-pinkhooker.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ahri! =D Eu também passei por isso, mas é melhor se jogar de cabeça do que passar a vida pensando em como poderia ser. =D

      Excluir