Animais Fantásticos e Onde Habitam - AFEOH

24 novembro Lila Martins 2 Comentarios


Oi gente!

Eu vi! Eu viiiiiii!!!!!! Eu estou muito feliz, de ter tido a chance de assistir esse filme maravilhoso e recordar a minha saga preferida em toda terra! Entrar no cinema e ver a logo da Warner com aquele ar bruxo, fez o coração disparar e as lagriminhas encherem os olhinhos da Lila fragilizada aqui.

Ontem foi um dia doloroso como no post anterior (aqui) eu estava de coração partido porque eu acordei pela manhã e dei de cara com a pequena Arya, ela finalmente havia partido pro céu dos cachorros ao encontro do  maninho Leão... 

Na mesma hora eu prometi a mim mesma que eu não passaria o dia em casa, eu iria sair e fazer algo que gostasse, para não remoer a dor de perder tão bruscamente os meus amados netinhos. 

E para curar uma dor, nada melhor que amor, então eu fui assistir Animais Fantásticos e Onde Habitam (AFEOH para os íntimos) e nossa... Como a experiência foi maravilhosa!

O filme é perfeito, tem a dinâmica do bruxo no mundo real, de bruxos adultos vivendo entre os trouxas e isso é lindo demais, ver os feitiços fora da sala de aula, não que HP não tivesse, mas eram jovens e as experiências foram mais reservadas aos bruxo e a Hogwarts. Em AFEOH é mais divertido, tem mais ação e é mais palpável, dá aquela sensação que os bruxos existes DE VERDADE! 

Eu enchi meus olhos e o coração nesse filme, os olhos com novas imagens, com novos feitiços, com novos mistérios e o coração com mais uma paixão inabalável por esse mundo, é isso que me fascina na série, o fato da J.K. ter criado um mundo com tamanha minúcia, que te imerge por completo.

A história e muito bem roteirizada (obvio foi a tia Jô que escreveu ¬¬). Eu viajei assistindo, no começo é um pouco parado, os personagens não são apresentados de cara, mas sim conforme o filme vai se desenvolvendo e isso é característica da J.K. (babo ovo eu sei...). 



Newt Scamander (Eddie Redmayne) é um bruxo que está escrevendo um livro sobre os animais fantásticos, ele é uma espécie de "biólogo" e tem um amor tremendo por cada criaturinha naquela maleta. Eu confesso que ele me lembrou, e muito, o Hagrid, porque ele ama os animais e porque ele diz coisas como, "são inofensivos" mesmo se o bichinho estiver tentando te matar "acidentalmente". 


As irmãs Goldstein, Queenie (Alison Sudol) e Porpentina “Tina” (Katherine Waterston) são muito interessantes, enquanto Queenie é uma legilimente incrível e animada, cheia de personalidade diga-se de passagem, Tina é a mulher séria que quer fazer o que é certo, ex-aurora ela sonha em galgar novamente o cargo e quando encontra Newt quer apenas seguir os protocolos. O que ela não sabe é que no processo ela se enrasca junto...


O trouxa! Sim temos o primeiro trouxa protagonizando um personagem relevante (não diga Dursleys seu sangue ruim!) Jacob Kowalski (Dan Fogler) é o alívio cômico do filme, aliás, todos são, o filme é deveras bem humorado, Jacob é só um cara que estava no lugar errado, na hora errada e que caiu de paraquedas na trama, mas que não deixou a peteca cair e se tornou de grande relevância para o desenvolvimento do enredo (viu? quando que um Dursley fez isso?).


Por fim temos alguns outros personagens que são muitíssimo importantes, porém divagar sobre eles seria spoiler e eu sou contra spoiler de qualquer natureza, só vou mencionar os atores e vocês saberão que eles são realmente importantes e que deve prestar atenção certo? La vai... Ezra Miller, Colin Farrell e Johnny Depp (SIM! Tem Johnny Depp e SIM! 
Ele é Grindelwald).

Muita coisa acontece nesse filme, muita ação, muitos momentos de tensão, muitas criaturas fofiiiiiinhas, queria ter alguns daqueles bichinhos eles são mega interessantes, quem pode julgar o Newt por amá-los tanto? 

Esse post é mais um "Lila falando sobre como é bom ter um contato totalmente novo com um mundo tão familiar" é muito amor envolvido eu comecei a ver Harry Potter aos 12 anos, li os livros aos 19 e só terminarei de ver e ler AFEOH passando dos 30 (porque mais 4 filmes ainda estão por vir... Te amo J.K. 💚).



É mais que um filme, é um grande e maravilhoso pedaço da minha vida! É lembrar das casas de Hogwarts, é ouvir nomes conhecidos como o Dumbledore e Grindelwald, é reviver cada feitiço, é ver o símbolo das relíquias da morte e sacar na hora o que tá rolando, é se revoltar com algumas coisas, rir de piadas internas e reviver cada sensação que tive ao longo desses 15 anos, enfim é amor puro e essa ida ao cinema foi uma das mais memoráveis, tirou aquela dorzinha das Relíquias parte II, em que sai do cinema desolada porque era a última estréia e depois daquele filme, o vislumbre do mundo mágico terminaria junto. 

AFEOH foi uma surpresa boa, esperada, sonhada e vivida! Tudo está de volta agora e eu sou uma Potterhead realizada! \o/

É isso minha gente, fico por aqui! #Nox #Desaparata.


2 comentários:

  1. Amei tua resenha Lila! AFEOH foi realmente um retorno triunfal ao mundo mágico e deixou, além do gostinho de quero mais, aquela sensação mega de que tudo é absurdamente real que é impossível dizer qualquer coisa em sentido contrário!
    Corações aquecidos e ansiosos pelo próximo longa né?! rsrsrs <3
    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza... Não vejo a hora da próxima estréia *-*

      Excluir