Manual dos noivos desesperados – Capítulo 3 – Vestido e produção

09 abril Lila Martins 1 Comentarios


Oi gente! Hoje vou falar do que é mais importante para uma noiva, o vestido!
Eu particularmente usei um vestido emprestado de uma amiga, ele era muito bonito, um tomara que caia com a saia drapeada, bem lindo mesmo como podem observar nas fotos.Em contrapartida nem toda noiva tem essa opção, de pegar um vestido emprestado e acaba tendo que desembolsar, uma boa grana com isso. A dica para quem vai alugar, comprar ou até mesmo mandar fazer é a seguinte, pesquisem muito! Vão a todas as lojas possíveis, vejam todas as opções e escolham aquilo que mais se enquadra na situação de vocês.
Quando for escolher o seu vestido tenha uma visão concreta em mente, vá com uma ideia fixa na cabeça, como modelo, cor, como será mais ou menos o sapato, como vai ser o penteado, os acessórios e tudo mais que conseguir definir. Digo isso porque, as vezes, você vê um vestido maravilhoso, mas que não vai casar com nada disso que você sonhou, então pesquise muito antes de sair para provar, e quando sair, retire do armário o seu grande pote de paciência, que será esgotado até a última gota. Saia de casa com pessoas que tenham o mesmo gosto que você, que curtam as mesmas coisas, que te conheçam e, por favor, nenhuma madrinha controladora que quer que o seu casamento seja o sonho dela, passei por isso em outros setores, não foi legal. Algumas tendências estão em alta para vestidos de noiva, mas eu nem vou mencionar aqui porque cada noiva é única, você deve se sentir bem com aquilo que escolher, tem ser confortável, você vai passar um bom tempo com ele, tem que ser leve, o meu era um pouco pesado por ser bem rodado e isso foi um pouco incômodo, sem contar que você deve escolher um bom sapato e aqui eu vou abrir a melhor dica que eu segui no meu casamento, eu comprei um sapato, dourado porque eu me apaixonei por ele, era muito confortável apesar do salto, eu paguei muito pouco nele, míseros R$ 120,00 de uma marca pouco conhecida em uma loja de autoatendimento de shopping, então, mesmo que o vestido seja alugado e a loja te disponibilizar o sapato, sério, compre um, de preferência um coringa que você vai usar mais 900x ao longo da vida, como o meu que por ser dourado já foi ícone de várias outras produções.
Confesso que quando eu me casei eu fiz inúmeras concessões que me possibilitaram economizar um bom dinheiro, o que eu prezava no meu casamento era o momento, era a união e o amor, a festa era apenas um rito de passagem e por isso não me ative aos luxos e acabei tendo um casamento simples, mas não me arrependo de nada, meu casamento não foi de princesa, a decoração que estará no próximo post vocês vão ficar de cara como foi simples, mas foi bom, hoje já faz 1 ano e 3 meses que eu casei e o que eu lembro daquele dia não é da festa, nem da cerimônia, mas do cara incrível que deita do meu lado na cama todos os dias e do quanto aquilo valeu a pena, porque sinceramente, foi muito cansativo, quem sabe a minha historinha de casório entende, mas valeu por isso, pelo que temos hoje que é maravilhoso!
Gente um grande abraço a todas, dúvidas e sugestões podem deixar nos comentários.





Gostou? Assine para receber todas as novidades!

* indicates required

Um comentário:

  1. Ufa.. finalmente arrumei um tempo pra vim ver o que perdi, seu vestido é lindo e você teve uma baita sorte, eu estou completamente perdida, amo essa história de princesa, paguei uma nota no meu vestido de formatura, não sei se sou capaz de abrir mão do meu vestido "de bolo" como eu costumava chamar antes de pensar que um dia eu fosse a de branco lá na igreja. beijos

    ResponderExcluir