Manual dos noivos desesperados – Capítulo 2 – Convidados

25 março Lila Martins 0 Comentarios


Oi pessoal, como prometi hoje tem mais um post sobre a organização do casamento, a pauta agora são os convidados.
A primeira coisa, antes de mandar fazer os convites, é ter os locais, datas e horários definidos e também a lista dos convidados. Para criar a lista de convidados eu tenho certeza que você vai ter sérios probleminhas técnicos, porque sempre vai ter a dúvida cruel de quem convidar, se convidar esse e aquele não, será que a pessoa vai ficar chateada? Essa é a principal neura nessa hora, mas o foco deve ser sempre a praticidade, eu por exemplo, convidei apenas 60 pessoas, a minha família apesar de grande, tem pouquíssimo contato então foi fácil a hora de fazer cortes e ninguém ficou chateado pelo que sei. A dica pra essa hora é a seguinte, convide pessoas que você sabe que querem celebrar esse dia especial com você, pessoas que não vão agourar o seu casamento e levar aquela energia negativa pro seu grande dia. Esse é um conselho que eu me dei, mas não segui e acabei sentindo um pouco de frustração depois, então sério, escolha com critério, mil vezes convidar aqueles amigos do peito do que aqueles parentes que só vão reclamar de tudo.
Após a lista estar pronta é hora de escolher os padrinhos, essa é uma parte difícil, pelo menos eu acho, porque tem que ser pessoas que você gosta muito e que também gostem muito de você.  Eu escolhi 6 casais que eu gostava muito! Mas o oposto não era verdadeiro. Como descobri? Dois desses casais que eu convidei, perto da data, disseram que não iriam ser meus padrinhos, tiveram os motivos deles, meio injustos eu tenho que admitir. Os demais casais foram, sinceramente me arrependi um pouco de algumas dessas escolhas, mas águas passadas não movem moinhos. Quem sabe eu comente em um outro momento os acidentes de percurso do meu casamento, mas esse manual é de coisas boas! Então... Bora lá!
Depois de escolher convidados e padrinhos, tem que ter a lista! Super-recomendo fazer uma lista, em uma loja que tem de tudo que você vai precisar, eu aqui em Itajaí escolhi a Havan, uma loja de departamentos que tem de tudo, eletrodomésticos, enxovais e várias outras utilidades para o lar. Foi tranquilo, a lista saiu de graça e os convidados poderiam escolher dentre os itens o que dariam de presente, deixavam pago para a loja entregar e essa lista poderia ser visualizada em vários lugares que houvessem filiais da loja, como tenho alguns primos em Brusque e Blumenau, resolvi escolher ela justamente por suas filiais próximas e facilitar a vida deles. O mais legal dessa loja, é que o que as pessoas compravam não era entregue em produtos, mas em créditos para gastar na loja, ou seja, caso alguém comprasse algo fora, eu poderia usar o dinheiro desse mesmo produto na lista para comprar outra coisa, achei isso ótimo!
Depois de resolver esses itens, é hora dos convites! Esse é um ponto delicado, porque a gente viaja em tantas opções de convites, são tantos modelos, tanta coisa mesmo que você pira completamente, então vai com bastante cautela, convite é uma coisa relativamente cara, só que com jeitinho dá de fazer uma coisa bonita e barata. Para driblar os gastos, eu e meu noivinho que possuímos dotes de designer gráfico, acabamos fazendo nossa própria arte e economizando uma grana considerável, não fizemos nele nenhuma dobra especial, era como um cartão em tamanho 15x21 mais ou menos, papel couché fosco gramatura 300, mandamos imprimir em uma gráfica e saiu uns R$ 45,00 os 50 convites que mandamos fazer.

Comprei envelopes brancos simples, e uma fita marrom que eu coloquei em volta do envelope para decorar, bem simples mesmo.
Cada um faz o seu convite conforme o seu gosto, sei que o meu apesar de simples ficou muito bonito, eu gostei e pra mim funcionou, mas você pode variar!
Depois dos convites prontos é só entregar aos convidados, eu acabei nem fazendo, mas é legal colocar dentro do envelope ou até mesmo no texto do convite, em que local está a lista de presentes.

Um abraço e até o próximo post, não esqueçam de comentar as suas dúvidas e experiências aqui e, claro, dar sugestões para os próximos posts.


0 Comentários: