Desabafo...

09 fevereiro Lila Martins 14 Comentarios


Oi galera!
Então... Hoje eu quero falar de uma coisa, que tem me incomodado muito!
Quem é blogueiro e/ou youtuber deve me entender. 
Todos nós, que elaboramos material para blog e/ou youtube, acabamos em algum momento precisando divulgar nosso trabalho, um dos meios mais comuns para isso são os fóruns que encontramos por ai, como os grupos no facebook e google +. O que infelizmente é muitas vezes uma grande perda de tempo não é mesmo?
Entramos lá, com a intenção de conhecer novos conteúdos, de trocar figurinhas sobre nosso trabalho, mas em geral, por maioria é um grande emaranhado de cada um por si, quem se dá bem lá são os "pedintes", pra quem não sabe, são aquelas pessoas malas, que tomam  atitudes malas e estão pouco se lixando pra você.
Claro, não vou generalizar, há pessoas bacanas, mas uma grande parte são apenas pedantes.
Eu fico bastante indignada com isso, eu tenho  este blog há cerca de 6 anos, antes dele tive outros na verdade mesmo estou na ativa como blogueira há quase 10 anos e, como podem ver, não tenho retorno quase nenhum. Há alguns meses eu e meu marido criamos um canal no youtube o Juntando as Nerdices, o intuito era gravar vídeos bacanas, gerar conteúdos interessantes, com bom humor e simpatia, para complementar as atividades surgiu o blog Juntando as Nerdices, que é nosso espaço para colocar o restante do conteúdo que não conseguimos gravar, enfim nosso canal não tem nem 100 inscritos ainda, e nosso blog não chega a passar de 20 ou 30 visualizações por vídeo.
Ai entro eu nesses grupos para divulgar nosso trabalho, trabalho esse que nos esforçamos bastante pra preparar, em geral pesquisamos, tentamos fazer um trabalho bem feito, conforme nossas capacidades, não temos câmera top, nem somos editores profissionais, muito menos jornalistas formados, só que nos esforçamos, dai eu começo a ver canais bem ruins, sem conteúdo ou com material cheio de futilidades, pessoas bem vazias, expondo suas mentes igualmente vazias e se dando muito bem!
O material geralmente é baseado em vídeos de humor mau estruturados, desafios sem noção como pingar limão no olho, tomar desinfetante ou se machucar de alguma forma, tutoriais de maquiagem aos montes, fora as criancinhas de seus 15 16 anos que se acham divas e querem popularidade, enfim há muitos outros conteúdos que pra mim são apenas mais do mesmo, só que o importante são os números, você olha esses canais e blogs e eles tem absurdos números, 300, 500 visualizações por dia e uma quantidade significativa de inscritos com aquele material zuado enquanto você está querendo fazer algo bacana sem sucesso.
Como falei esse é o lado bom de ser mala, porque esse povo ai é da vibe do "troco inscritos" "troco likes" "visita meu blog que eu visito o seu", mas isso sinceramente não é pra mim.
Eu sou do tipo que quer fazer network, quer conhecer pessoas com conteúdos bons, quer ter amigos fiéis, pessoas que GOSTAM do que eu faço, que leem o que eu escrevo, que compartilham porque gostaram, se inscreveram porque se identificaram, não troco inscritos, nem likes, nem visualizações, nem nada, se você tem um canal ou blog e quer ser meu amigo, de verdade, entra em contato comigo, tem os links das minhas redes sociais ali em cima, formulário de contato na barra lateral, tanto aqui quanto no JaN, eu estou disposta a ajudar quem realmente estiver a fim de construir um networking, uma comunidade cooperativa em que a qualidade é mais importante que quantidade, em que as pessoas acompanham o trabalho das outras e que se ajudam mutuamente por uma questão de empatia e não de ganancia.
Se você por acaso é alguém assim, entra em contato comigo, se quiser firmar parcerias e trabalhar de forma coerente.
Eu criei um grupo no face chamado Café com Blog, quem estiver a fim de divulgar lá é só entrar!
A única advertência é, trata-se de uma comunidade cooperativa, um lugar pra fazer amigos, infelizmente por ter alguns membros meio sem educação que simplesmente não ligam para as regras precisei bloquear as publicações e limitar o material a moderação, num  primeiro momento, conforme for vendo que as coisa fluem melhor, dai então quero abrir o fórum para que todos possam interagir mais livremente.
Bom, acho que foi isso, um abraço a todos, desculpe se ofendi alguém, mas é um desabafo que eu queria muito fazer já tem bastante tempo.
Em um próximo post quero apresentar alguns blogs que eu curti de pessoas que estão começando a fazer parte do meu network, obrigada pela visita, comente como se sente a respeito, passa no blog e no canal do Juntando as Nerdices pra conhecer e deixe o seu para que eu possa conhecer também.

Até a próxima.


Gostou? Assine para receber todas as novidades!

* indicates required

14 comentários:

  1. Eu tô parando de divulgar muito meu blog. E parei MESMO de responder quem deixa um comentário 'amei' ou algo nada a ver com o que postei.
    Visito blogs que me interessam. Ás vezes, vem alguns que não tem nada a ver comigo e eu retribuo a visita, óbvio, pq se a pessoa perdeu tempo visitando o meu, é o mínimo que eu poderia fazer.
    Acho que investir no seu post é o que vale a pena. Esse negócio de trocar seguidores... Um porre e perda de tempo mesmo eu levando o blog apenas como hobby.
    Não se estressa não, Pri. Tamo junta quando quiser conversar :D
    |‎Sorteio do livro: "Não há dia fácil"|
    | FB Page A Bela, não a Fera|

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é... eu parei muito de divulgar o meu também, to começando a desencanar disso, por isso a ideia do network, fazer uma divulgação apenas com amigos de verdade, pessoas que você sabe que estão ali pra você, que te dão uma mão, que gostam mesmo do que você faz.
      Obrigada pela sua visita!
      Beijão pra você!

      Excluir
  2. Nossa, gente! Isso é o que eu sinto muito profundamente... É incrível como vemos a grandiosa dos likes, visualizações ou compartilhamento de informações baratas e sem proveito, pouco é o que se salva e ainda assim estão a mil anos luz na nossa frente... Se não fosse mesmo pessoas como você, Mila e nossa amiga da página A Bela, era desanimante continuar, por isso também havia parado a divulgação do meu blog, que só tem 5 anos, mas sempre foi feito com muito sacrifício, na tentativa de alcançar alguém que de uma forma ou de outra, se beneficiaria com a matéria... Enfim, me sinto mais segura com vocês, em insistir e continuar nessa disputa injusta onde comprar ou trocar likes é mais importante do que compartilhar informações e fazer novas amizades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Paula, tava conversando isso ontem com vc né? Bem assim, cansa sabe, hoje em dia é uma bagunça, a gente dando duro, pra ter um conteúdo bacana e tantos outros, com conteúdos sem nenhuma relevância levando a melhor...
      Obrigada pela visita!
      Vamos continuar com nossos blogs e esperar que leitores de verdade possam nos visitar e admirar o que publicamos com tanto carinho!
      Beijos.

      Excluir
  3. O mais chato disso tudo é saber, por exemplo, que as editoras levam em consideração o número de likes na página do FB, o número de visualizações no blog ou no vídeo no YT, o número de seguidores no Twitter e no Instagram... E muitas vezes ganha a parceria quem não produz conteúdo, quem na verdade não tá nem aí para isso. Eu sinto tudo isso que você escreveu na pele. Cansei de ler post sobre livros que nem traz a opinião de quem tá escrevendo, só um resumo do livro. Criar conteúdo de qualidade leva tempo, tem que ter determinação, e às vezes parece que ninguém lê o que a gente posta.
    Mas acho que o importante é o tal do networking. Estou aos poucos encontrando blogs que valem a pena visitar, vou comentando nos posts que eu mais gosto e deixando meu link para que o blogueiro possa retribuir a visita, se quiser, e ver se se identifica com o meu trabalho também.
    Na verdade, às vezes tenho que lembrar que esse tipo de conteúdo meia boca acaba recebendo feedback meia boca também, e qual a graça disso?
    Calma, existe uma comunidade por aí que ainda acredita em conteúdo, acredita em conhecer novas pessoas, acredita que blogar é mais que simplesmente números.
    Desculpa, me empolguei. Hahaha.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mari! Sim você disse tudo, é bem assim, tentei algumas parcerias para o Juntando as Nerdices, algumas editoras sabe, para ler e colocar as críticas no blog, e não fui aceita em nenhuma, justamente porque não tinha tantos números assim.
      Enfim, vamos montar nossa network, indicar mesmo os blogs que curtimos, nos ajudar mutuamente, fazer barulho e tentar aos poucos virar esse jogo.
      Como comentei nesse post, eu acabei fazendo um novo post indicando blogs que eu curti de verdade, indiquei o seu também, me identifiquei com o seu cantinho, achei ele lindo, delicado e tem umas postagens muito bacanas.
      Obrigada pela sua visita! Se gostou volte sempre!

      http://priscilila.blogspot.com.br/2016/02/networking.html

      Excluir
  4. Você falou tudo que eu sinto a respeito desse assunto. A Mari ali em cima também já falou o que eu sinto.
    As vezes acaba até sendo desanimador ver blogs que falam que escrevem resenhas (só que na verdade é um resumão) conseguem parceria com editoras, um número grande de seguidores e visualizações. Tudo bem que boa parte desses seguidores estão ali só de enfeite mas tem muito blogs pequenos que tem o conteúdo tão incrível! Tanto que a maioria dos blogs que eu acompanho são pequenos.
    O mesmo é para os canais do youtube, eu gosto de acompanhar algumas pessoas por lá mas nem conheço esses youtubers que são considerados famosos, porque sempre que eu ouço falar de um e vou pesquisar sobre fico me perguntando o porque da pessoa ser "famosa", porque o canal dela não tem nada de relevante ou que vá acrescentar alguma coisa na minha vida. Tipo a menina que não tem nem 18 anos e vai lançar uma biografia!
    Acho que falei demais hahaha

    beijos

    ResponderExcluir
  5. Nunca me senti tão identificada!

    Eu visito vários blogs porque realmente gosto disso e me sinto feliz lendo vários materiais por aí,mas ultimamente tenho ficado só nos blogs que eu já conheço porque a maioria tem se tornado muito repetitivo.Parecem cópia uns dos outros.Falta de autenticidade e originalidade.

    Nos blogs de moda o que eu mais vejo é look do dia,sério, tem blogs que na homepage só tem isso.E nos blogs de literatura, eu sinto que os blogueiros ficam puxando saco para os livros das editoras que eles têm parceria.Algo que me parece patético! E como as empresas valorizam números, dá aquela falsa sensação de que eles estão indo por um bom caminho,mas pode ter certeza que não.

    Ainda existe na blogosfera um grupo de pessoas que estão em busca de bom conteúdo e que querem compartilhar ideias e todas essas coisas que são bem divertidas ao seu ter um blog.

    Eu fico bem mais satisfeita em ter terminado um post interessante do que ganhar um brindezinho de x ou y empresa.

    Poesia em Transe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, hoje vivemos uma verdadeira saturação de temas batidos, é muita gente querendo falar da mesma coisa e falta conteúdo de qualidade!
      Que bom que se identificou! Volte sempre, será muito bem vinda!

      Excluir
  6. Oi! Cheguei aqui por indicação de um blog e gostei muito do seu post! Estou na blogosfera a uns 12 anos, oito com o mesmo blog entre idas e vindas e acho que hoje em dia com os grupos, tinha tudo para ser um relacionamento bacana entre os blogueiros, mas as pessoas que realmente estão interessadas em conhecer novos blogs estão perdidas entre o emaranhado de "pedintes", como você falou.

    Fiz uma solicitação para entrar no grupo.
    Um abraço :)


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Aceita já na comunidade!
      Obrigada pela sua visita, que bom que gostou do post, trabalho pra isso, pra ter um material bacana, a comunidade é organizada, justamente pra evitar que as pessoas fiquem soterradas.

      Excluir
  7. Oooi! Tudo bem?

    *clap clap clap* falou tudoooo! Eu na boa já cansei de tentar divulgar pelas redes sociais. Os grupos de facebook que encontro são exatamente do jeito que você falou. O que tento fazer é encontrar blogs legais, com os quais eu realmente me identifique, e deixar um comentário sobre o que achei e o link do meu blog. Não deixo de ser uma "pedinte", é verdade, mas a diferença é que não saio deixando comentários sem conteúdo nenhum em 200 sites por dia, só pra ganhar em números de comentários. Até porque quando fiz isso em um outro blog que eu tinha (com uma proposta totalmente diferente da que tenho hoje e errada, admito), a maioria só me respondia com coisas tipo "post legal. Amei" e pedidos para mais visitas. E eu não quero isso. Meu intuito é divulgar meu blog para que as pessoas realmente leiam e, se gostarem do conteúdo, continuem visitando. Hoje eu ainda faço isso dos comentários, mas não saio caçando mil blogs. Se me deparo com um maneiro e que eu curta o conteúdo, deixo meu link pra tentarmos começar uma amizade e apoiar um ao outro. Se a pessoa me responde de forma decente, eu vejo que ela realmente se interessou, ótimo. Ganhei uma colega, quem sabe uma amiga. Se ela responde coisas sem conteúdo e genéricas, não retribuo porque não quero ter "leitores" assim. Se a pessoa nem me responder, ok. Vou continuar lendo o blog dela, porque gostei do conteúdo, e vou continuar deixando o link na esperança de que ela também queira conhecer meu trabalho. Solicitei entrada no grupo do Facebook, espero que possamos criar uma boa relação a partir desse meu primeiro contato.

    Beijinhos, te espero lá no http://amendoasefelpices.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Amanda! As vezes a gente acaba se perdendo mesmo, é normal começar não se achar e depois recomeçar, mas o importante é se encontrar, amadurecer e seguir o caminho. Já tive muitos blogs, hoje com o Lila Martins e o Juntando as Nerdices finalmente eu achei o meu lugar, tem tudo que eu preciso e o sucesso vem com o trabalho isso é inevitável, se vc tem um conteúdo bom, cedo ou tarde as pessoas vão te achar e te valorizar!
      Obrigada pela sua visita! Volte sempre! Beijos

      Excluir