Desafio dos 30 dias - Dia 18 Texto Solto

03 outubro Lila Martins 0 Comentarios


Olá pessoal...
Hoje o desafio é simplesmente escrever, sem um tema, então vamos lá.
É impossível julgar ou até mesmo mensurar as pessoas, é impossível saber do que o coração está cheio, mas é justamente por isso que devemos nos blindar nos revestir de força e estarmos prontos para a batalha se esta for realmente necessária. Não que o mundo seja uma guerra, e sim um desafio, desafio este de onde nunca conseguiremos sair incólumes, sem marcas ou arranhões. Precisamos entender que as pessoas erram, mas isso não significa que o arrependimento delas nos mude de alguma forma, há coisas na vida que simplesmente se quebram, que jamais serão iguais e há pessoas que simplesmente não conseguem conviver mais com aquilo por mais que esteja colado novamente, há sim pessoas que enxergam certas decepções como deformidades da alma e que não importa o quanto você tente remendar, as marcas do remendo são horríveis demais, como olhar uma peça de arte estragada e não conseguir mais ver beleza naquilo.
As relações humanas podem ser assim, as pessoas muitas vezes não conseguem mais ver nada de belo naquilo que se quebrou, a saída então é jogar fora, parar de se magoar e machucar a si mesmo forçando seus olhos interiores a enxergarem algo feio e deformado apenas para acatar padrões sociais que dizem que você precisa, que tem o dever de ser superior a essa deformidade, eu porém acredito que, os seus olhos não devem pagar por erros que outra pessoa cometeu, que se as marcas são profundas e feias pra você, deixe quebrado, ninguém tem o dever de conviver com aquilo que não lhe é agradável.Por fim apenas devemos saber que, é impossível julgar ou até mesmo mensurar as pessoas, que é impossível saber do que o coração está cheio, então apenas respeite as escolhas das pessoas quando estas optarem por algo que foge aos padrões, não há como saber o que certas situações despertam e desculpem, mas ninguém deixa de ter seu lugar bom ao fim do caminho porque não consegue conviver com algumas coisas desagradáveis, há muito mais a se ver nesta grande jornada chamada vida que, o fato de se resguardar do feio,  possa simplesmente anular tudo mais de bonito que aconteceu.
Pense nisso....


Até a próxima!




0 Comentários: