Sobre a vida...

28 julho Lila Martins 0 Comentarios

A vida é uma experiência única e devemos ter em mente, que sempre terá algo novo e surpreendente para gravar, experiências para adquirir, coisas que só vão nos elevar.
Ao longo da vida podemos ter muitas viradas, coisas boas acontecem, coisas ruins também, mas isso não é ruim, são através das mudanças que nossas vidas vão tomando um rumo e entrando no prumo. Sei que pode parecer bobagem, mas as pessoas com as histórias mais adversas, são as pessoas mais maduras que eu conheço. Digo isso por experiência, eu tive muitas reviravoltas na vida e, dentre elas, as piores foram as que mais me edificaram.
Sim, com toda categoria do mundo eu posso dizer que maturidade requer muitos tombos, requer sofrimento, sangue e suor, é necessária muita garra pra desistir de tudo e aceitar o que é novo, é preciso muito mais que palavras para ser aquilo que queremos ser. Há um momento na vida que cansa, as coisas bobas da vida cansam, as futilidades são apenas futilidades e não te fazem mais sair atras de grandes reconhecimentos nem nada do tipo, você enxerga que o responsável pela sua felicidade é você mesmo, e que não pode ter nada que quer enquanto não se der conta disso, porque o que você quer de verdade é ser enxergado com respeito pelos outros. Uma dica bem útil que eu posso dar é a seguinte: Enquanto você tentar chamar a atenção com atitudes que não são da sua realidade, você só vai encontrar ilusões. Eu sei que quando se tem 15 anos tudo é  muito simples, amor é uma coisa que vai durar pra sempre, só que não dura, você não vai conhecer uma pessoa nessa idade pra casar e ter filhos, pode acontecer, só que é muito raro. Você pode gostar de um tipo de música, mas música foi feita para ser ouvida e se vestir feito um maluco não vai fazer de você mais legal nem nada parecido, você vai se aproximar de uma turminha e afastar o resto do mundo de você, e isso provavelmente não vai te fazer mais ou menos feliz. O que você ganha dos seus pais não vai ter nenhum valor pra você, tudo que vem com muita facilidade na vida, tende a acabar da mesma forma, e se você não se dispuser a, tentar sozinho e fazer por si mesmo o seu próprio caminho, você jamais será alguém, vai aprender a suprir suas necessidades, só que vai ser mil vezes mais complicado.
A maturidade vai chegar um dia, pra alguns chega cedo, pra outros mais tarde, só que em algum momento ela vai chegar, você vai enxergar as coisas de uma perspectiva diferente, vai olhar certas atitudes com mais displicência, e por fim vai entender que tudo que você precisa está em você, porque nesse mundo ninguém vai te entender como você mesmo. Aos poucos você vai aprender a de desprender de opiniões, não porque a opinião alheia não importa, mas sim porque quando você acredita sinceramente naquilo que você é, vai demonstrar isso pro mundo e as pessoas verão alguém mais seguro e firme em suas decisões e, enfim, você terá o respeito que desejava, não de todos diga-se de passagem, mas sim das pessoas que você realmente queria o devido respeito.
Aprender essas coisas leva tempo, e esse aprendizado nunca termina, você sempre pode evoluir mais, aprender mais e ser mais porque não podemos nos limitar, sempre teremos capacidades novas e a vida sempre nos dará novas lições.

A vida é valiosa, temos apenas uma chance de passar por ela e as marcas de deixaremos neste mundo depende inteiramente de  nós mesmos, então, como diria Shakespeare...
 "Plante seu jardim e  decore sua alma, em vez de esperar que alguém lhe traga flores."

0 Comentários: