7 Pecados Capitais

30 outubro Lila Martins 1 Comentarios


Estive eu pensando um pouco sobre a vida e as coisas que mais nos atrapalham no nosso dia-a-dia e nenhuma definição me foi mais correta do que este clichê antigo, "Os 7 pecados capitais" querendo ou não eles são a origem de todos os males, e eles são provenientes do nosso livro sagrado (para os cristãos) a bíblia. Sim! eles não são apenas fruto da imaginação estão contidos nas páginas da bíblia porém dispostos separadamente. Vou comentar um pouco sobre quais são eles e onde na bíblia podemos encontrar sua referencia.
1. Soberba: Também conhecido omo orgulho, em alguns casos taxado até mesmo como vaidade. A soberba é a famosa arrogância, aquela mania de querer ser melhor que os demais, tratar os outros com desdém e ignorância tendo como opinião correta apenas a sua e a de mais ninguém. A pessoa tecnicamente se acha deus e que o mundo gira em torno dela. Lembrando que este foi o pecado que levou Lúcifer a ser expulso do céu. (Eclo 10,15; Romanos 3,27; Gálatas 6,4; Mateus 18,3)
2. Avareza: Também conhecido como cobiça a avareza é o apego exagerado aos bens materiais. É o mau do século XXI onde o dinheiro governa e somado à soberba torna nosso mundo um lugar bastante nocivo e ai de quem não possuir o poderoso "deus dinheiro" achando que ele é chave de todos os problemas, que pode resolver qualquer coisa, e no final quando o individuo descobre que há coisas maiores neste mundo sua vida se torna vazia como a casca de um casulo de onde saiu uma belíssima borboleta, porém a essência permaneceu naquele humilde casulo que hoje sem sua hóspede não serve para mais nada. (Mt 6,24; 1Timóteo 6,10; Marcos 10,21-22; João 12,5-6)
3. Luxúria: É a necessidade excessiva dos  prazeres sexuais. A vida passa a girar em torno do sexo. só de observar alguém na rua a mente já se desvia para os prazeres da carne.Temos como exemplo o adultério (traição) e a fornicação (sexo no namoro ou sexo fora do casamento), desejar alguém comprometido entre outras tantas coisas que envolvam sexo e suas variações. (2Pedro 2,13; Levítico 18, 20.22; Êxodo 20,17; Mateus 5,27; 1Coríntios 6,15; Gênesis 38,9-10)
4. Ira: A raiva incontida, a explosão colérica, também consiste  nas mágoas guardadas, na brigas menos acaloradas e no rancor que fere o coração e turva o discernimento. Motivo principal da inveja e do mal dizer, a ira geralmente vem acompanhada da inveja, de ferir a pessoa invejada com ataques para que turve sua alegria. ( Tiago 1, 20; Provérbios 15,1; Efesios 4, 31 )
5. Gula: A vontade de comer alem da necessidade do organismo, desejar coisas além doa limites, nos tempos atuais cada vez mais disseminada devido o grande numero de alimentos disponíveis, a vontade de comer até se esbaldar e sofrer as consequências, passando mau e tendo problemas sérios de saúde. (Filipenses 3,19; Isaías 5,11)
6. Inveja: Esse creio eu que é o pior de todos porque o invejoso de modo geral é aquele que está próximo, como amigo e muitas vezes até mesmo no seio da família, "secando" a alegria alheia e desejando aquilo que o outro tem, muitas vezes a vontade do invejoso é que o outro sofra já que não pode ter o que o outro tem, trata-se do famoso "olho gordo". Engloba também os demais pecados, é a cobiça pelo que outro come (gula) pelo que o outro tem de melhor (soberba) pelo que o outro possui materialmente (avareza) pela mulher/marido do próximo (luxúria) e de tudo mais que a outra pessoa tiver. a pior parte é que o invejoso muitas vezes não conhece o poder que tem e destrói a vida  do outro somente pelo seu desejo desenfreado de literalmente querer viver a vida do outro.. (Sabedoria 2,24; Gênesis 4,1-16; Mateus 10,42-43; 20,1-16; Gênesis 37,4; 1Samuel 18,6-16)
7. Preguiça: É o ato de descansar mesmo sem estar cansado. Uma definição lúdica e bem humorada de um pecado extremamente comum. A preguiça é não querer fazer nada, ficar deitado dormindo por horas a fio, é desprezar qualquer responsabilidade em nome do descanso, gera mentiras, falta de disposição para questões realmente relevantes, faz da pessoa imprestável, medrosa e egoísta pois somente o seu bem estar vale. É simples encontrar um exemplo basta olhar essas mães que abandonam seus filhos por conta da própria sorte por pura preguiça de se dedicar à eles.  (Eclesiástico 33,28-29; Provérbios 24,30-31; Ezequiel 16,49; Mt 20,6) 

Em resumo todos nós temos um pouco de cada um destes pecados dentro de nós, porém quando somos bons e puros de coração eles não se manifestam de maneira agressiva e se tornar apenas marcas de personalidade, em contrapartida, aqueles que possuem estes sentimentos em si com intensidade, envenenam não apenas quem os rodeia como a si mesmos, estas influencias nos rodeiam o tempo todo, e o mundo está repleto de pessoas assim, pessoas que agridem os demais com estas características... Em um resumo bastante forte para tudo isso deixo o link para letra e vídeo da música "Os insetos interiores - O Teatro Mágico" creio eu que uma bela maneira de englobar tudo isso.

Um comentário:

  1. muintos amigos meus nem se dão conta que estão fazendo tudo isso... :(

    ResponderExcluir