Como escrever bem.

17 dezembro Lila Martins 0 Comentarios

Conforme eu prometi vou postar aqui algumas dicas pra quem gostaria de escrever. Eu recebo muitos elogios das pessoas que leem as coisas que eu escrevo, o que pra minha é uma grande alegria, afinal quem não gosta de elogios certo? 
Portanto eu vou colocar aqui alguns dos meus "segredinhos".

Parte I - Para Pensadores.




Estas primeiras dicas  são para aquelas pessoas que querem começar a escrever textos, como eu escrevo no meu blog, reflexivos, opinativos e filosóficos.

A primeira coisa pra quem quer escrever coisas assim é ter sua própria visão do assunto, é saber o que exatamente você quer expor. A melhor forma é começar com coisas que você vivencia, esse tipo de escrita é muito particular, então nada melhor do que expor experiências suas, e assim colocar sua opinião. Outra maneira é pegar algo e dar sua opinião como uma noticia, uma música, um texto, enfim algo escrito por outra pessoa e colocar a sua marca, registrando aquilo que você pensa. É a forma mais simples de escrever na minha visão, porque você vai abordar a sua própria personalidade, e é uma excelente forma de se conhecer, quando você coloca suas opiniões em palavras, e depois as lê muitas vezes vai se surpreender deparando-se com quem você realmente é. É uma terapia essa forma de escrever, pois você pode explorar aquilo que acredita através de desabafos de recantos tão distantes de você que nem você sabia que existiam. Não tenho muito o que ensinar a respeito disso, pois cada um escreve aquilo que gostar mais e assim você vai cavando seus próprios caminhos.


Parte II - Para os Contadores de Histórias.






Estas dicas são para aquelas pessoas que sonham escrever um livro ou cronicas soltas, que vão contar histórias, reais ou não.

Quem não gosta de uma boa história não é mesmo? Pois então se você quer além de ler, escrever boas histórias precisa focar em algumas coisas.
Sempre que for começar a escrever cria um projeto, procure nomes bacanas para os personagens, leia livros com temas parecidos com os que você quer escrever, prepare a história, nomeie os lugares, e tenha em mente em que tempo sua história vai se desenrolar. 
A boa história tem COMEÇO, MEIO e FIM
O começo é quando você faz a introdução, é ali que você faz a geral, conta como é o lugar onde se passa, faz uma breve retrospectiva da história dos personagens para a pessoa que lê poder se integrar de fatos que o ajudarão a montar sua história na cabeça.O Meio é o desenvolvimento, é o espaço livre para criar, ali pode investir em diálogos, cenas marcantes, reviravoltas, enfim ali é o seu momento de colocar a imaginação pra funcionar! 
O final é quando a história esfria e caminha pro ultimo ponto final, ali é o momento de dar os nós finais, ali você expõe como termina tudo, onde a história para,o famoso "Felizes para sempre" dos contos de fada. 

Parte III - Para os Colunistas.





Essas são para quem quer ser jornalista, que quer escrever notícias e matérias.

A primeiríssima coisa que você, não apenas como colunista, mas como escritor de um modo geral tem que saber é que a palavra chave do escritor é PESQUISA, e os colunistas até mais porque se você for escrever uma matéria, sobre qualquer tema você precisa de fontes, tem que haver um lugar de onde tirar as idéias, sim bases para o que você está escrevendo. Você precisa correr atrás, se vai entrevistar alguém vai precisar montar uma lista de perguntas, se vai escrever sobre moda, saúde, ou qualquer outro tema tem que saber como este tema se enquadra no mundo, tem que saber o que está rolando, divulgar coisas novas, curiosidades, e sempre ter as fontes apenas como base pois quem usa ctrl+c ctrl+v pra mim não é escritor.
Outra coisa importante é a bom uso das fontes, se você citar trechos de algos escrito por outra pessoa, comente, dê os devidos créditos a quem escreveu aquilo que você está usando.


Bom aqui vão mais algumas que valem pra todo tipo de escrita.

 * Gramática e concordância: Sempre escreva procurando estar dentro dos padrões da nossa língua, eu sei que a língua portuguesa é cheia de regrinhas chatas, eu sei que tem muitas palavras que não temos muita certeza como se escrevem, e que agente sempre tem dúvida de onde colocar os pontos e as virgulas, mas para isso existem os dicionários, e os livros de português explicando como usar as letrinhas para formar as coisas que falamos e escrevemos. 
 * Abreviações: Gente, msn é uma coisa, escrever é outra, aquelas abreviações como vc, msm, tdo, kbça NÃO É LÍNGUA PORTUGUESA! Então poupe quem lê o que você escreve desse pequenos vícios.
 * Pesquise: Nunca fale de algo por falar, principalmente se for um colunista ou um contador de histórias, tenha credibilidade naquilo que escreve, busque informações corretas, procure em lugares confiáveis, de pessoas que realmente entendam e dali extraia as informações que você quer passar.
* Leia: A leitura é a melhor forma de adquirir conhecimento, vai ter um engraçadinho que vai dizer que a internet é melhor, mas na internet você também terá que ler a maior parte das coisas. Quando você lê, percebe coisas interessantes, nota os sinais gráficos onde se colocam os pontos, as vírgulas os parágrafos, e também começa a conhecer palavras novas, quem nunca leu algo e pensou que será que quer dizer essa palavra? Sabe bem do que estou falando.
 * Revisão: Sempre que terminar de escrever, revise tudo, veja se está tudo correto, se não errou as palavras ou a gramática, veja se não está redundante ou massante. Eu por experiência sei que tudo que eu escrevo eu mexo pelo menos umas 10x antes de publicar, porque sempre que eu leio encontro um errinho e corrijo. 

Enfim é isso. Estes foram pequenos toques para cada tipo de escrita, lógico que existem muitas outras formas de escrever, mas estas são as que eu uso portanto é somente destas que eu posso falar.

0 Comentários: